Zefa de Rita Corina
Do povoado Zerrada
Na cidade de Montanhas
Era feia a condenada
Pois tinha a cara de péia
E parecia a mocréia
Com uma vaca atropelada.

Seu umbigo era tão grande
Do tamanho duma maçã
Ela era a cópia escrita
Da macaca do Tarzan
E seus candidatos a peitos
Pareciam dois confeitos
Perdidos no sutiã.

Estando Jesus no monte
Pregando o amor profundo
Seus discípulos chegaram
O questionando a fundo
Indagando-o se havia
Um sinal pro fim do mundo.

O Mestre deu uns sinais
Só não creu os fariseus
E estão registrados em
Vinte e quatro de Mateus
A partir do verso cinco
O grande plano de Deus.

Bin Laden entrou num site
Cá do ocidente oriundo,
Na sala de bate-papo,
Teclando com um tal Raimundo
E também com Marinete,
“Uma gata na Internet”
Perdição de todo mundo.

Osama conectado
Com Nete ficou teclando
Passando noites no Messenger
Por ela se declarando.
Bom! Gosto não se discute,
Mas num é que pelo Orkut
Um romance foi rolando.