Chico Catatau: o livro mais arretado dos últimos mil anos

Michel Temer e a cultura

 

Ó presidente interino!

Te bateu uma loucura?

No Brasil tem que ter arte

Pra amenizar a gastura

Dessa política errante

Aí mexes no importante

Ministério da Cultura?

 

Senhor presidente acorde!

Saiba bem administrar

Senão o povo nas ruas

Virá lhe crucificar

Na política; e digo isto

Você nem é Jesus Cristo

Pra poder ressuscitar.

 

Reabriu o ministério

Pra tapear os artistas

Depois de sofrer as críticas

Pesadas dos jornalistas

Mas te digo: seu capeta!

Cuidado com a caneta

Dos poetas cordelistas.

 

Você tem insanidade

Cultural e no papel

Aviso nesse jornal

Bem no ritmo do cordel

Essa foi, ó camarada

Sua primeira cagada

Ó presidente Michel.

 

 

Izaias Gomes de Assis

Poeta cordelista, este espaço é seu; mande-nos seu texto com no máximo seis estrofes sobre qualquer assunto atual, de percussão nacional nas mais diversas áreas (política, religião, esporte, celebridades, etc.) para ficar nesse mural por uma semana ou mais.

O poeta da literatura de cordel, Izaias Gomes, declamando seus versos sobre a fictícia visita de Bin Laden a Natal

A Chico Editora trabalha no segmento de literatura de cordel, levando aos poetas os melhores serviços de impressão dos livretos de cordel pelos menores preços do mercado.